Valentin Antônio Cimolim

Endereço:
Rua José Abatti,751
Centro
Treviso, Santa Catarina 88862-000
Brasil
fone:
ver fone(48) 3469-0159
celular:
ver celular(48) 9636-0055
Entre em Contato

Descrição

Imigrantes italianos migraram para a região do extremo sul catarinense nos idos anos de 1891. Famílias advindas de diversas regiões da Itália; principalmente de Veneza, Ferrara, Bérgamo e Treviso. Desta última veio a inspiração para homenagear aqueles colonizadores. O carvão viria constituir por algum tempo a principal fonte de renda da região.

Mas hoje Treviso é muito mais do que isso: É um pólo de atração turística em função de uma paisagem tipicamente européia que tem atraído para suas pousadas os mais diferentes turistas para suas maravilhas.

Cidade a pouco emancipada tem em seus representantes políticos uma verdadeira paixão em fazê-la crescer, homens que certamente passarão para a história do município como verdadeiras LIDERANÇAS POLÍTICAS como nosso entrevistado Valentim Antonio Cimolin.

Cidadão natural da mesma cidade, veio ao mundo a 27 de maio de 1968, fruto do enlace matrimonial do senhor e senhora Décio e Isaura Vitória Cimolin, pais do filho ilustre.

Grandes obstáculos e não menores realizações pessoais marcaram a vida deste parlamentar. O início de sua vida de estudante vem bem aos moldes de quase todo brasileiro, mas infelizmente poucos são os que chegam ao ápice. Na Escola Básica Ugo Deeke toma os primeiros contatos para sua formação fundamental e no mesmo educandário conclui o curso. Logo após vem ingressar o segundo grau na Escola General Osvaldo Pinto da Veiga – tradicionalmente conhecido por SATC no município vizinho de Criciúma concluindo o curso técnico.

Lembra com muito orgulho de suas dificuldades naquele período em função de que precisou manter-se em regime internato naquele estabelecimento porque o deslocamento de volta para casa em Treviso se tornava inviável face à carga horária da escola. As atividades tinham início às 07h30m e se estendiam até as 22 horas, horário em que não dispunha de transporte coletivo para retornar a casa.

A profissão de Técnico em Eletrônica lhe valeu uma permanência de cerca de dois anos na cidade de Jaraguá do Sul junto à conceituada WEG Acionamentos S/A, compondo na mesma com muita competência; o Departamento de Engenharia. Seus objetivos eram ainda mais arrojados e decidiu na época ingressar no curso de pré-vestibular o qual desenvolveu na cidade de Joinville de agosto a dezembro de 1988.

O grande teste veio em seguida no mês de janeiro de 1989 e seu desejo era ingressar em Odontologia para a Universidade Federal de Santa Catarina veio com lustro porque passou logo na primeira oportunidade para ingressar na turma de março do mesmo ano.

Durante sua permanência em Florianópolis no período compreendido entre 1989 a 1993, é premiado novamente pela competência e determinação sendo premiado como o melhor aluno da turma em cirurgia e endodontia. Fez especialização em Ortodontia na Escola de Aperfeiçoamento Profissional da Associação Brasileira de Ortodontia – ABO – EAP. Após sua formatura retorna a Treviso com elevada auto-estima e um valoroso diploma.

Sem muito esperar para acontecer imediatamente instala seu consultório em sua amada cidade, alternando também suas atividades porque veio ingressar em concurso público para atender a municipalidade no Posto de Saúde da Prefeitura. Em 1998 vai definir sua residência em Siderópolis e realiza seu sonho de constituir uma família.

A concretização de seu sonho veio a 19 de dezembro de 1998 quando se une pelos laços matrimoniais a Crisleide Machado da Luz – professora de Educação Física – com quem gerou os filhos Valentina e Vitório.

Tão atarefado, ainda assim não descuidou de um de seus importantes desejos que era manter uma vida pública para atender os anseios da comunidade, por isso em 1998 assumiu a Presidência do PMDB de Treviso, na época um partido desestruturado cujas principais lideranças; haviam-no abandonado e conseguiu com muito empenho a reunificação da agremiação partidária compondo um Diretório passaria a ser respeitado.

Foi ainda presidente da Associação Trevisana de Descendentes Italianos – ATREDI, no período de 1996 a 2000. Coordenou ainda na época a Campanha visando as eleições de 2000 e a campanha do Partido para eleição dos candidatos para ao pleito de 2004. Neste período se regozija por terem alcançado a inédita maioria de Vereadores que compuseram a Câmara Municipal, destacando a conquista da Presidência da Casa além de elegerem cinco vereadores pela coligação – quatro do partido e um do PT.

A família Cimolin já havia conquistado historicamente a Prefeitura Municipal de Treviso, através de sua Tia Lúcia Cimolin da Silva no pleito de 2004. Mais tarde ele próprio foi convidado a integrar uma chapa vitoriosa na condição de vice-prefeito, em função de problemas inerentes à prestação de contas e ele, como bom correligionário aceitou. O fato ocorreu a poucos dias da eleição e isso tornou esse pleito muito especial, por estrita falta de tempo para que os candidatos fizessem um trabalho mais amplo. Ainda assim o prestígio da chapa fez com que viessem alcançar o objetivo elegendo-se com 1591 votos.

O Vice Prefeito ainda se recorda com muito orgulho o fato de ter assumido a Prefeitura em função das férias do titular, o que lhe deu motivo de muito júbilo e oportunidade para apreender um pouco mais sobre o tão complexo cargo e atribuições de um Chefe do Poder Executivo.