Database Error. System Administrator has been notified and this problem will be solved as soon as possible. We are sorry for the inconvenience. Ranolfo Triches – POP ( In Memorian ) | Ermo, Santa Catarina, Brasil

Ranolfo Triches – POP

Endereço:

Ermo, Santa Catarina 88.935-000
Brasil

Descrição

“ Lideranças.com.br não conseguiu mais informações que aquelas que dispomos neste resumo sobre a história de Ranolfo Triches; porque este apanhado foi feito juntamente a familiares. Desde 26 de setembro do ano de 2006 que ele nos deixou para seguir seus desígnios espirituais em outra dimensão...”

Sabe-se que Ranolfo Triches nasceu na cidade de Criciúma a 27 de maio de 1938. Era filho de José Roberto Triches e Clara Dal Ponte Triches. Também se sabe que foi casado com Paula Menegon Triches que é funcionária pública; com quem compartilhou em vida os dois filhos Daniela e André Luiz.

Não muito após seu nascimento seus pais decidiram migrar para a localidade de Rodeio da Areia localizada na cidade de Turvo. Seus progenitores tiveram além de Ranolfo outros seis filhos, que assim foram dispostos: quatro homens e três mulheres.

As informações que obtivemos dão conta de que Ranolfo era um jovem muito ativo e de privilegiada compleição física. Era nômade por excelência e fazia amizade com muita facilidade. Permaneceu com a família até aproximadamente 20 anos de idade e seguindo naturalmente a profissão da família se manteve na atividade de madeireiro.

Aí é que a verdadeira personalidade do biografado começa a destoar de todas as suas atividades até o momento. Tinha uma tremenda vocação para os esportes e amava sobre tudo o futebol Aos 21 anos de idade principiou sua carreira como atleta de futebol profissional. Foram muitos lugares e equipes diferentes como quando integrou como goleiro; a excelente equipe do extinto Comerciário, que deu origem ao atual Criciúma. De lá foi contratado para jogar no Atlético de Erexim e no Carazinho de Santa Maria nas terras do Rio Grande do Sul.

Viveu no ano de 1965 uma de suas maiores glórias junto ao valoroso Internacional de Lages, que se sagrou naquele ano campeã catarinense da liga principal. Já na época Ranolfo Triches era muito conhecido como POP o excelente goleiro da região sul catarinense. Toda sua viagem de jornadas gloriosas durou até o ano de 1967 quando retorna ao Turvo para retomar suas atividades na área de marcenaria.

Por ser excelente marceneiro foi convidado pelos padres da Coordenadoria da Associação Servos de Maria para ensinar a arte da marcenaria para os alunos do Colégio Servos de Maria de Rio Branco a capital do Acre. Naquela época foi também jogador de futebol e atuando pela equipe local o Juventos Futebol Clube. Depois de uma duradoura passagem pelo estado do Acre retorna novamente para a cidade do Turvo no ano de 1985. Naquela época dividia suas estadas entre Turvo e Biguaçú, cidade esta que compõe a grande Florianópolis – em razão de sua esposa estar servindo profissionalmente a uma instituição bancária. Em função de algumas incompatibilidades veio divorciar-se no inicio do ano de 1990.

Depois disso POP mudou-se para Vista Alegre na localidade do distrito de Ermo. Não demorou muito tempo para integrar-se com a comunidade face, a como já dissemos sua predisposição em fazer amigos. Diz-se que ele foi uma das mais expoentes lideranças a favor da emancipação da localidade. Segundo se sabe foi conduzido ao cargo de Intendente do município após a aprovação do Plebiscito. Isso por ocasião de que as eleições municipais só poderiam ser realizadas, como em todo o país, três anos mais tarde, ou seja, em 1996. Nesta fase de transição ele ocupou o cargo de Intendente até que se realizasse a primeira eleição histórica do recém criado município.

Fácil de imaginar Ranolfo Triches foi convidado por muitos e acabou lançando seu nome para uma das cadeiras do legislativo naquela que foi seguramente a eleição mais importante do Ermo nos anos compreendidos entre 1997 a 2000. Foi eleito com 115 votos para ocupar a oitava vaga no quadro geral de vereadores eleitos.

Sua lembrança irá permanecer para sempre na memória do ermense contemporâneo que Ranolfo Triches, ou simplesmente o POP como pessoa que tinha muitos amigos; dada sua habilidade em se relacionar com as pessoas. E foi dessa forma conduziu sempre sua vida através de companheirismo, respeito por onde esteve passando e fazendo muitos amigos. Uma arte que poucos conhecem principalmente nos dias de hoje. Será também lembrado pelo vigor físico e por ter participado na vida esportiva até os 38 anos. No ano de 2006 ele assumiu como suplente a vaga de João Manoel Fernandes na Câmara de Vereadores em função de sua morte precoce. Por ironia do destino algum tempo depois, mais precisamente a 26 de setembro do mesmo ano, veio a falecer vitima de complicações hepáticas o amigo de todos Ranolfo Triches.