Marcio Luiz Tezza

Endereço:

Orleans, Santa Catarina
Brasil

Descrição

Em que pese todo um contexto de influência, naturalidade e capacidade técnica para desenvolver funções na área pública; a realidade é que no afunilamento natural do período de campanha até o resultado das urnas, poucos detêm como ninguém a capacidade de convencer o eleitor a despeito de suas reais possibilidades, quando no epicentro do poder municipal. Dimensionar prioridades, escalonar gastos e fiscalizar o erário público podem parecer tarefas rotineiras. Mas é na insistência e probidade que se conquistam ganhos para atender as maiorias.

Marcio Luiz Tezza é um jovem político a serviço do parlamento orleanense, de quem se espera muito agora que vivencia seu mandato de Vereador após o trâmite em duas campanhas eleitorais e já vem dando provas de sua capacidade.

Natural de Orleans e de tradicional família do lugar, veio ao mundo a 30 de agosto de 1978. Filho do honrado casal o senhor e senhora Asteroid Tezza e dona Maria Inez Spricigo Tezza, fez dos ensinamentos dos progenitores seu berço de princípios que tem aplicado em seu cotidiano no relacionamento com as pessoas.

Lembra dos tempos em que fora acompanhado até a porta da sala de aula pelos familiares; para se iniciar no enlevado mundo da Educação junto à Escola Básica Tito Carvalho na localidade de Oratório. Lá permaneceu até concluir o ginásio. Posteriormente cursou o segundo grau na Escola Estadual Costa Carneiro tudo isso no município de Orleans. Jovem e de família honrada e trabalhadora, iniciou de pequeno no árduo trabalho junto ao setor agrícola, meio em que seus pais labutavam para arrancar da terra o sustento. Antes mesmo de completar 18 anos de idade trabalhou como servente de pedreiro e também na área de carpintaria no vizinho município de São Ludgero.

A grande experiência adquirida no setor – principalmente como mestre de obras - motivou-no a criar seu próprio projeto de vida profissional com a montagem de uma loja no ramo de materiais de construção; dividindo responsabilidades com os irmãos Marco e Alberto.

A atividade demonstrou-se lucrativa e Marcio amplia o leque de opções com o advento de uma nova empresa, esta no ramo da Construção. Hoje ele se acha estabilizado economicamente e satisfeito por gerar emprego que mantém cerca de setenta famílias.

Marcio elege um dos momentos mais importantes de sua vida o dia 20 de maio de 2006, data em que comemora a união matrimonial com Vanessa Alexandre Tezza – formada em Técnico em Enfermagem e a alegria de compartilhar com ela as responsabilidades paternas para com o filho Vinicius Alexandre Tezza.

O advento político veio naturalmente, uma vez que por suas próprias características esteve sempre à testa de eventos importantes e decisivos. Sempre esteve ao lado dos jovens integrando grupo de jovens, times de futebol, participando do Coral da Cidade e integrando o Movimento Religioso da Igreja nos principais eventos comunitários. O tio Moacir Spricigo, primeiro político da família, foi candidato a uma cadeira parlamentar pelo município e o fato não passou despercebido pelo então jovem cheio de ideais. No ano de 2002 a convite do Vereador Paulo Canever filia-se ao PFL. Conta que na época pouco depois à sua filiação o Vereador veio tornar-se Vice Prefeito e Prefeito dentro do mesmo mandato, fato curioso ocorrido pela cassação do titular por denúncias de improbidade.

Moacir Luiz Tezza mantém sua linha de coerência permanecendo filiado ao seu primeiro e único partido. Inevitavelmente viria o primeiro desejo de participar de uma eleição e isso ocorreu no pleito de 2004 convite aberto pelos companheiros do partido e que ele aceitou sem pestanejar. Que ninguém imagine um fraco desempenho de sua parte por não ter conseguido a cadeira e ter se mantido na primeira suplência, justificando que 546 votos é resultado de gente grande, nada fácil de ser atingido.

Muito longe de se parecer com uma frustração a primeira eleição lhe deu subsídios importantes para sua arrancada vitoriosa no pleito seguinte no ano de 2008. Seus 770 votos de confiança deram-lhe respaldo suficiente para daí para frente dedicar-se com muita atenção a uma carreira política promissora; afinal de contas o resultado o manteve na quarta colocação entre os mais votados.

Durante seu período de suplência esteve por cerca de três meses dentro do parlamento orleanense suprindo a vacância do colega. Mas com a eleição em 2009, é logo votado para ser Primeiro Secretário junto à Mesa Diretora e veio assumir no ano seguinte a Presidência do Poder Legislativo Municipal. Entre outros fatos relevantes pode-se destacar sua participação junto à Comissão de Legislação e Justiça por dois anos consecutivos. Outro fato de relevância ocorre também em 2009 quando seu nome foi indicado para compor a Comissão Municipal de Trânsito, sendo eleito para Presidir a entidade o que o faz com extrema competência