Elisabete Menegasso Bagio

Endereço:
Pref. Maia, 333
Orleans, Santa Catarina 88.870-000
Brasil
fone:
ver fone(48) 3466-0575
celular:
ver celular(48) 8451-8041
Entre em Contato

Descrição

Aristóteles já questionava no ano 322 – AC - antes de Cristo, a natureza ou caráter do modo de educar, naquele tempo ele já detectava alguma desordem no seu formato. Ele via a educação deixando de ser administrada em comum, como um bem comum, para ser entregue à particulares com interesses distintos. Se na época era um indicio, hoje é uma realidade insofismável; no Brasil, por exemplo, a educação está dividida em educação pública e particular, por conseguinte em educação acaba classificada por classe social. Há casos em que a classe rica mantém os filhos na escola rica e a classe pobre na escola pública, coisa que pode soar como sinônimo de pobreza e abandono. Por isso o comando de tão especial coordenação deve estar preferivelmente nas mãos de profissionais que com sua sabedoria e sensibilidade venham dar o rumo que a Educação merece.
A pedagoga Elisabete Menegasso Bagio tem como atribuição à posição que ocupa como Secretária de Educação Municipal, imprimir ao setor todos os recursos disponibilizados para a melhoria da qualidade do ensino em Orleans.
Nascida a 06 de abril de 1962 na cidade de Orleans, lembra com muito carinho do encaminhamento moral e educacional advindas de seus progenitores o senhor e senhora Liberato Bagio e Adelaide Menegasso Bagio que entenderam desde o principio que o rumo mais acertado para um futuro seguro é a escola. Em assim sendo matricularam Elisabete para palmilhar seus primeiros passos junto Escola Básica Samuel Sandrini em Orleans para iniciação no primário. Ainda no mesmo educandário conclui o ginásio. Dando seqüência à essa escalada conclui o segundo grau junto ao Seminário São José, todos em Orleans.
Seus passos seguintes o fez atenden-do desta feita à suas próprias convicções e a Universidade veio coroar todo o sacrifício de uma vida estudantil.
Com todos os lauréis inicia e conclui o ensino superior em Pedagogia pela Unisul – Fundação Educacional do Sul de Santa Catarina – vindo habilitar-se em disciplinas pedagógicas para o segundo grau. Sequiosa por mais aprimoramentos faz o curso superior em Letras com habilitação em Português e Inglês. Compila ainda o leque de aperfeiçoamento educacional, se pós-graduando em Supervisão Escolar na Fundação Educacional Severino Sombra em Vassouras no Estado do Rio de Janeiro.
No alto de suas realizações veio a 14 de outubro de 1990 contrair laços matrimoniais com Vanio Debiasi – que é Oficial de Justiça – com ele dividindo harmoniosamente suas responsabilidades maternas pelo encaminhamento da filha Isabelle Bagio Debiasi.
Seu desempenho profissional a remete em diferentes frentes de trabalho – auxiliar de escritório em seu primeiro emprego aos 17 anos, vindo posteriormente prestar concurso público na área em que atua de forma estabilizada até os dias de hoje.
A par de suas responsabilidades e atribuições ainda compõe importante papel no quadro social como integrante do Rotary Clube e Casa da Amizade. Está agremiada politicamente ao PP através do honroso convite de José Valério Mattei – presidente do partido à época de sua filiação.
No desempenho de sua vida profissional buscou sempre aprimorar seus conhecimentos, por meio de cursos de Formação Continuada, em encontros locais, regionais, estaduais, bem como em Congressos Nacionais e Internacionais voltados para o desenvolvimento e a melhoria da Educação.
Em sua avaliação a mais importante das ações vindas do poder público é a valorização dos profissionais da área, juntamente com a melhoria da qualidade de ensino, ofertada à rede publica municipal. Tais melhorias, segundo a pedagoga, devem ser acompanhadas da formaçao continuada dos professores. Outro importante fator de evolução na qualidade de ensino passa pela recuperação, melhoria e ampliação dos espaços físicos da rede de escolas.
Nossa Secretária é militante de um projeto – Escola de Pais do Brasil, seccional Orleans SC- que saiu do papel dia 14 de abril de 2010, que versa sobre um esforço coletivo entre pais e professores para melhor encaminhamento da educação de crianças e adolescentes.